bg_decoracao
bg_decoracao

Sua empresa não precisa estar em todas as redes sociais

Sua empresa não precisa estar em todas as redes sociais
Postado em 07/03/2022.

A pandemia mostrou que dá para fazer dinheiro com as redes sociais, e com isso muitas empresas que ainda não utilizavam (ou que utilizavam, mas não de uma forma constante) passaram a postar fotos, vídeos, textos e criar conteúdo como nunca antes em seus perfis.

Porém, nesse momento de euforia e desejo por estar no mundo digital e de querer vender por ali, algumas empresas acabam cometendo erros. Por exemplo, não criar uma estratégia, não planejar o conteúdo, achar que precisa estar em todas as redes sociais... sem uma estratégia, não importa quantas redes sociais você utilize, não será bem sucedido.

As redes sociais possuem objetivos diferentes, públicos diferentes e engajamentos diferentes, portanto exigem estratégias diferentes. O Twitter por exemplo, é uma rede social focada em textos de até 280 caracteres, e cujo principal perfil de usuário é de pessoas jovens e com opinião. Publicar múltiplas fotos, vídeos ou divulgar os produtos de sua indústria não terá um engajamento benéfico para sua empresa. Não apenas isso, como pode ter um impacto negativo, deteriorando a imagem de sua marca para determinados públicos-alvo.

Já o Facebook, por exemplo, possui ambientes e ferramentas específicos para que organizações possam se comunicar com seus clientes por meio da plataforma. As ‘páginas’ de empresas, por exemplo, são um excelente canal para divulgação de serviços, produtos e promoções, e raramente tem um impacto negativo na sua marca porque apenas quem curtiu, explicitamente, sua página irá seguir seu feed, e receber as publicações postadas. Além disso, esta rede social é tão grande, que já é possível encontrar não apenas pessoas jovens, como também pessoas da segunda, terceira e quarta idades.

O Instagram é a rede social em que as empresas fazem uso da forma mais incorreta possível. Há empresas que publicam produtos, serviços, promoções, artes comemorativas... porém ninguém se coloca no lugar do usuário para entender o motivo do baixo (ou nulo) engajamento. Quem acessa o Instagram quer ver única e exclusivamente fotos de coisas que lhe agradam: amigos, lugares, animais, roupas... imagine acessar o Instagram e dar de cara com uma ‘rebimboca da parafuseta’... isso prejudica a marca do anunciante, não acha?

Porém, as empresas que comercializam ou fabricam artigos de vestuário, calçado, joias, relógios, produtos de higiene e beleza ou similares tem no Instagram o lugar perfeito para a divulgação da sua marca. É uma questão de colocar-se no lugar do usuário.


Lista de Redes Sociais em 2022

 

O LinkedIn é outro caso. A rede social para profissionais é excelente para encontrar talentos e preencher suas vagas de emprego com pessoas capacitadas e que sabem o que querem. Ainda, é importante que sua página nesta rede social tenha a cara da sua empresa, especificando seus produtos, serviços, valores, identidade... porém qualquer coisa além disso pode demonstrar falta de tato, ou até mesmo de profissionalismo. 

Por isso é imprescindível fazer um planejamento antes de escolher se posicionar nas redes sociais. É preciso fazer uma pesquisa para saber onde o público-alvo da sua empresa está presente e então desenvolver uma estratégia, entender que tipo de conteúdo produzir, como criar anúncios e engajar com o público onde ele realmente está.

Não há a necessidade de perder tempo e dinheiro produzindo conteúdo e anúncios numa rede onde alcance e o engajamento são irrelevantes para sua organização.

Outro aspecto que deve ser considerado: as pessoas estão nas redes sociais por entretenimento. Faz-se necessário criar um conteúdo que siga esta lógica, demonstrando que sua empresa, embora séria, pode trazer interagir de forma mais descontraída. Dessa forma, quando o prospecto precisar de seu produto ou serviço, irá lembrar de você.


Foco em Conteúdo para a WEB

 

A importância da presença da sua marca em redes sociais também vai além do contato e interação com seu público-alvo, ou do emprego de práticas de relacionamento com o cliente de forma mais aproximada. Muitas organizações passaram a entender melhor seus próprios processos e características através de ferramentas oferecidas por redes sociais.

Você pode inferir que seu público-alvo é majoritariamente masculino, por exemplo. Mas você tem dados que corroboram essa afirmação? Ou ainda: você acredita que a região metropolitana lhe dá mais lucro, mas tem certeza que não existe outra região com mais potencial de lucro?

Se a sua empresa precisa se posicionar no mundo digital, mas não existe um profissional que entenda ou que possa cuidar disso para você, entre em contato com a AgênciaNet e conheça nosso plano de Mídias Sociais! Estamos sempre prontos para lhe atender!

Por Aislon Alcântara, edição por Michel Isoton

ÚLTIMAS DO BLOG

Tudo o que você precisa saber sobre Marketing Digital e WEB, para fazer sua empresa prosperar no mundo digital!

As vantagens de ter um site próprio
Carregando...

As vantagens de ter um site próprio

Leia Mais
Mudanças nas cobranças da AgênciaNet
Carregando...

Mudanças nas cobranças da AgênciaNet

Leia Mais
Integrando seu site com redes sociais usando OpenGraph
Carregando...

Integrando seu site com redes sociais usando OpenGraph

Leia Mais
Voltar ao Topo